CLIQUE NA IMAGEM PARA VIAJAR ATÉ ESTE NOVO ESPAÇO PACANHERRO

sexta-feira, dezembro 07, 2007

Arranhí Pacanherra: A Resposta a todas as Questões – Parte 4

Cá estamos novamente, pois sentimos fortemente ser o nosso dever para com Deus, a Igreja e a Pátria, a dar solução às mais ensombrosas dúvidas, que assolam cabeças por todo esse mundo fora. Arranhí Pacanherra começa a ser comummente referenciado como o maná de todos os seres que vagueiam no insuportável deserto das dúvidas, e assim, chegam à nossa recheadinha caixa postal cada vez mais perguntas, também elas cada vez mais exóticas e de complicada resposta, mas é para isso que a gente tá cá.


Para melhor esclarecer-mos esta dúvida, devemos primeiro definir significado. Saussure, linguista suíço com interesses na área da semiótica, diz-nos que o significado é o conceito mental que formamos em referência a um signo, que por sua vez é a representação de um objecto em concreto. "Pain in the ass", significa, literalmente, "pão no cu", ou "pano no cu". Desta forma, o conceito mental que podemos formar de "pain in the ass" é a inserção de um pão ou derivado de pão no orificio do ânus, ou de um trapo ou dependendo do gosto, pois não é especificado, um lençol, no recto, propriamente dito. Talvez seja a mesma pessoa que perguntou pelos cacetes na última rúbrica e asism compreende-se a sua questão.



O problema deste rapaz foi resolvido há cerca de um ano, como noticia o Diário de Notícias, no belo dia 3 de Setembro de 2006, aqui: http://dn.sapo.pt/2006/09/03/sociedade/primeiro_banco_esperma_porto.html . O primeiro banco de esperma em Portugal foi aberto pela Universidade de Porto, e parece-me o único sítio onde, mesmo que não lhe paguem nada, aceitem ficar com os resíduos do conteúdo dos seus testículos. Mas atenção, não quero desencorajar ninguém, existem vários sites de leilões online, como o eBay, ou o Amazon, em que até se conseguem bons preços pelas coisas. Experimente, pode ser que se safe.

Como é conhecimento geral, os camionistas são pessoas que prezam extremamente a sua privacidade, e portanto, fotografias de si próprios a terem relações sexuais dentro das suas viaturas de trabalho não são muito comuns. Penso que a foto mais próxima de sexo num camião que se conseguirá arranjar será a seguinte:

http://amadeo.blog.com/repository/416475/2169979.jpg

Duas moças novas e um homem sentados num camião. Deixe a imaginação trabalhar. Se, ainda assim, isto não satisfizer a vontade da mente que concebeu esta necessidade, existe sempre a hipótese de entrar em contacto com este senhor e pedir-lhe que tire algumas fotografias a si próprio e as envie, ou então marcar efectivamente um encontro:

"Ola eu sou camionista de Lisboa mas viago pelo pais todo sou louco por sexo mas nao tarado se tiveres entresada em andar no meu "camião" é so dizeres."
www.viciadosnosexo.com/about21885.html - 97k



Ora bem, quem procura por "vintage maminhas", está claro que não se contenta com qualquer tipo de exposição de seios, como essas badalhocas que agora praí andam, algumas a exibir o que ainda não têm. Gosta dos antigos clássicos, de qualidade atestada. Porém, entre 1920 e 1930, as revistas masculinas ainda não tinham a exposição que têm presentemente, e ainda não tinha sido tornado moda o top-less, de modo que é deveras ardiloso enontrar fotografias de maminhas "vintage". No entanto, nada é missão impossível para os Arranhí Pacanherra, e apresentamos de seguida os resultados da extensiva pesquisa:

http://1.bp.blogspot.com/_bdtuKKCTCf4/RYBWZoEEtrI/AAAAAAAAAOo/XP7gWTPq44g/s1600-h/Winnie+Lightner+-+Portrait.jpg

Neste endereço apresentamos uma fotografia da actriz Winnie Lightner, muito em voga nos anos "vintage", e estrela mais cintilante de "Gold-diggers of Broadway", a maior produção da época. Aparece com um decote muitíssimo ousado, para o tipico da altura, quase até ao umbigo. Não são maminhas tecnicamente, mas de 1929, é o que se arranja.


http://big5.southcn.com/gate/big5/www.southcn.com/sports/csmedia/tennisworld/200611100271_1397090.jpg

O próximo endereço transporta-nos de novo para a década dos anos 20. Contudo, a temática da fotografia não é totalmente centrada em maminhas, mas antes nas pernas de Suzanne Lengler, vencedora da medalha de ouro olimpica nos jogos de 1920. A sensualidade desta foto atinge um nível extremamente elevado, pois é possível ver a liga (!!!!!!!) por baixo da aba do vestido da tenista. E isto em 1920. Quem é amigo, quem é?


http://www.movietreasures.com/SigPix/04/012_bardot.jpg

Finalmente, uma última fotografia, esta que infelizmente não registada durante os mitícos anos 20, pode apaziguar o agudo desejo da pessoa de ver maminhas de antigamente, pois nela vemos Brigitte Bardot com os seios totalmente destapados, o que nos anos 50, já era muito à frente. E ainda por cima, está autografada.


Foi mais um Arranhí Pacanherra: A Resposta a todas as Questões. Só apresentamos quatro soluções desta vez pois julgamos serem de uma gravidade altamente interessante. Existem várias perguntas em fase de tratamento, e pensamos divulgar os resultados quando a nossa equipa de investigação regressar da Amazónia.
A todo aquele que se sinta assolado pela mais pequena dúvida que se considere estúpida, que fique com a certeza que Arranhí Pacanherra é, teoricamente, virtualmente e espiritualmente, a resposta a todas as questões.

4 comentários:

akm. disse...

olá.
então, não recebi nenhuma resposta daquele comentário, e não consegui encontrar a senha. acabei deletando aquele arquivo e fiz download pelo emule. aliás, o álbum é muito bom.

Pacanherros disse...

Hm?

André Gonçalves disse...

akm? Santinho!


Só uma coisa, obrigado pelas 2 primeiras fotos de seios. Não tanto pela ultima, que horror...

Pacanherros disse...

Pois, a última está um bocado fatela, tens razão.

Benvindo pá!