CLIQUE NA IMAGEM PARA VIAJAR ATÉ ESTE NOVO ESPAÇO PACANHERRO

terça-feira, janeiro 29, 2008

Cenas de Porrada Canina (mete SEXO!)

Antes de mais, venho lamentar o facto de ultimamente andarmos um pouco desleixados com o blog: tal deve-se a um surto de preguiça que tem assolado os 4 membros, bem como a exigências universitárias óbvias que se têm de ter nesta altura do ano.

Lamentados os lamentos, passo agora ao post, um post que tem mais de revista Gina para canídeos do que de post propriamente.
Enquanto estava a comer uma sandes de marmelada, eis que ouço uma ladrada do caraças vinda do descampado atrás da minha casa. Era um banzé que não se podia, até parecia que alguém queria assaltar o descampado e os cães todos do Parchal, em defesa do local donde mijam e cagam, ladravam em uníssono. Fui ver o que era. Deparei-me com uma autêntica batalha campal entre cães de todas as raças e tamanhos, tudo, penso eu, por causa de uma cadela que devia de estar no cio.
E digo «penso eu» porque as únicas cenas de sexo que vi foram de um boxer macho a levar na “peida” da turma toda.
Agora pergunto eu: e tanto alarido por causa de um boxer maricas?? Onde é que está a dignidade canina? Que é feito daquelas grandes orgias que os cães faziam antigamente a cadelas vadias?
A homossexualidade chegou também ao mundo dos cães e parece que veio para ficar. É bem feito para os maricas do orgulho gay, que sempre gostaram de ter os caniches e os lambe-xoxas em casa. Agora, porque ninguém vai fazer inseminação artificial a canídeos, pouco a pouco a raça vai começar a extinguir-se. Dentro de alguns anos os belos dos pastores alemães que eram autênticos machos do mundo animal vão passar a andar todos retalhados como aqueles cães brancos que parecem pompons. Os pitbulls vão passar a ostentar nas costas aquelas camisolinhas de tricô feitas pela avózinha.

E para provar que tudo isto que digo é verdade, aqui fica a foto-novela para todos vós:

Repare-se nesta imagem que dentro do círculo vermelho tudo está bem, o acasalamento está a proceder sem quaisquer mariquices (macho em cima da fêmea). Porém, no círculo azul, já é possível reparar que há um cão que anda a "galar" o boxer.

Esta é a imagem em que todos se apercebem que o rabinho do boxer é mais gostoso do que o da cadela que estava a ser "consumada" até então. A matilha inicia uma aproximação ao boxer no sentido de o cercar mas este, por ser rabicha, nem sequer oferece resistência.

Sobem um pouco mais o descampado no sentido de copularem numa fofinha cama de trevos (de sublinhar que todo este ritual é acompanhado dos latidos ensurdecedores que já referi).

Há uma reviravolta no ritual: os canídeos não chegam a acordo quanto à ordem a que vão proceder ao enrabamento, como tal, começam todos a lutar e o ruído dos latidos torna-se ainda maior. É nesta agitação que alguns cães se afastam, sobrando apenas os mais fortes. (Eu ia dizer os mais machos, mas não me parece que uma batalha com vista a copular com outro macho seja uma coisa de macho; assim sendo, parabéns aos que desistiram a tempo!)

É neste banzé desgraçado que toda a população do Parchal se assoma às janelas para ver a tourada que vai no descampado, inclusive estes basofes que, após terem fugido à escola, fumavam descansados a sua ganza. Ao serem incomodados pelo barulho que impedia a sua concentração para a concepção da moca, tiveram de saber qual o motivo de tamanho motim.

Cães vadios dum cabrão, só servem para importunar a gente...!!! (Não, esta última frase não é um trocadilho para os basofes, podia ser, mas não é.)

Arranhí Ascostasefiqueicomgarronasunhas

10 comentários:

Bazil disse...

Realmente a mariquice está cada vez mais a disseminar-se. Até os cães já viraram rabixos. Está o mundo perdido.

Mas essa fotonovela está de rir.

André Gonçalves disse...

Aqui não há cães a fornicarem tipo coelhos aí no meio da rua mas há basofes a fornicarem tipo coelhos aí no meio da rua, sendo todos eles homens...

Vou mudar de tema. Passaremos da fornicação para um tema muito colorido e bonito que é o assassínio.

raQuel disse...

Homofobia!

O tema até tem a sua piada...
mas tambem tem o seu lado triste.

se eles gostam de levar no rabinho ( a frase "levar no rabinho" deve ser acompanhada(visualmente) da palmada na nalguinha) que levem.

Viva o Orgulho gay!

=p (graças ao senhor, isso nao aconteceu na altura em que estive ai.)

serena disse...

diria que tb se passa com os homens bichos.Escreveram bem.bj

Tita disse...

depois queixam.se k eu odeie caes...pss

Sorrisos em Alta disse...

Pois a mim parece-me que os basofes estavam ali para o mesmo que os cães...

Rui Caetano disse...

POrra, mas que post.

Sorrisos em Alta disse...

Convido-vos a todos para um sábado à tarde junto ao rio com gente gira, sol e violinos.

Apareçam!

Saibam mais em
www.sorrisosemalta.blogspot.com

Francis disse...

tambem têm direito pá...

Rafeiro Perfumado disse...

Aquilo era um bacanal, pá, e vocês foram incomodar!