CLIQUE NA IMAGEM PARA VIAJAR ATÉ ESTE NOVO ESPAÇO PACANHERRO

domingo, novembro 30, 2008

As Gajas de Hoje em Dia

Juntámos as canetas, os papés e a guitarra e composemos um som. A meio, achámos que faltava algo, faltava um bit, e então telefonámos ao MC 3Môce, o compositor de bits que por acaso estava de férias no gueto qué o Parchal, a negociar droga e armas brancas com alguns dos seus semelhantes. O MC 3Môce mostrou-se interessado nesta parceria com os Arranhí Pacanherra e o resultado é uma música que diz mal das gajas de hoje em dia, embora o nosso MC não concorde com esta nossa opinião.

Para que possam acompanhar, ou até mesmo, cantar, aí em casa, dispomo-vos em seguida, como é nosso costume, a letra desta sublime música:

As gajas de que eu vou falar são umas gajas estranhas.
São boas de cara e de cu e sabem todas as manhas.

Todos sabem quem elas são, mas nunca ninguém diz nada.
Apesar de porcas toda a gente lhes quer dar uma trancada.

O que é que se passa com as gajas, as gajas de hoje em dia?
Parece que agora é uma moda a mulher ser uma vadia.
Metem as calças para baixo pra se ver o fio dental,
Mas quando reparam que eu vejo levam todas a mal.

Na escola já rodaram toda a gente mas ninguém sabe disso.
Gajas destas sabem de cor a malta pelo chouriço.

Já fizeram todas as posições e em todas as camas.
O que lhes falta na cabeça foi-lhes parar às mamas.

O que é que se passa com as gajas, as gajas de hoje em dia?
Sei que no tempo do Salazar nada disto havia:
Cozinhavam, tratavam da casa e das cenas, dos putos e de tudo,
Mas agora tão-se a cagar pra um homem só por ele ser peludo.

À quinta, à sexta e ao sábado à noite vão para as discotecas.
Chegam aos três gajos por noite e até perdem as cuecas.

Se tiver os dentes da frente acham logo que ele é fofo,
Pode ter chumbado dois anos ou até cheirar a mofo.

Porque eu não sei o que é que se passa com as gajas de hoje em dia:
Parece que não podem manter a patareca vazia.
Emburreceram e procuram homens parvos e grossos primeiro,
Mas também ajuda se eles tiverem emprego ou dinheiro.

Mas mais piores do que estas gajas são aquelas normais
Que se vestem e parecem normais, mas no fim são iguais.

Parecem santinhas, mas quando foram àquela festa
Beberam de mais e deixaram-nos algo na testa.

Na sei quejête tares falande mal das gajas de hoje em dia
Têm pierces e tatoos ma na têm denhuma mania
Acham queu sou fôfe e bués dinteligente
Curtem da minha roupa quela cheira a detergente
Curtem do meu caparro porque eu sou buéda grosso
Curtem dir pó VOXX pa me lemberem-me o caroço
Curtem de curtir com buéda pessual
Curtem de vestirem aquele sexy fio dental
Curtem do hip-hop e da kizomba latina
Curtem do chamon, mas não curtem da cocaína
E eu curto de lhes mexer no cu e nas mamas
E curto de curtir com todas essas damas

O que é que se passa com as gajas, as gajas de hoje em dia?
Escrevem com X até nos testes de filosofia.
Não querem compromissos mas também não querem ficar sozinhas
As gajas de hoje em dia são todas umas grandes porquinhas.

O que é que se passa com as gajas, as gajas de hoje em dia?
Cheias de tatuagens e piercings, aquilo é só mania.
Não sabem cozinha nem costura e nem sequer escolher um homem.
As porcas das gajas de hoje em dia tão-se a cagar pró que comem.

9 comentários:

LN disse...

Grandes verdades que aqui são ditas! Isto sim, é serviço público :)

Sorrisos em Alta disse...

Pena não terem lançado isto no Verão!
Era sucesso garantido! Letra fácil de decorar, refrão simples... tá lá tudo!

,o)

Miguel disse...

ha o tempo que o hippie nao aparecia \m/

Tita disse...

Concordo, mas que fique ponto assente que nao somos todas farinhas do mesmo saco!

beijinhoooos

Tita disse...

ide ao meu blogue... resposta a este video c uma musikinha...

Sorrisos em Alta disse...

Retiro o que disse.

Se já uma uma contra-música, é porque o sucesso é grande!
,o)

Joel Tomás disse...

curto bué do vosso blog.
um abraço.

joel tomás

tymonn disse...

Ola :D
opá excelente trabalho comunitário mesmo! :)
pus no meu blog referencia ao vosso, espero que nao se importem ;) http://tymonn.blogspot.com/2009/04/as-gajas-de-hoje-em-dia.html
abraço!

Raquel disse...

=)

Muito bom!
não tanto pela letra mas mais pelo "som"

Não tem nada a ver mas fiquei nostálgica